Contos eróticos, relatos eróticos e histórias pornô. Queroumencontro.com
Queroumencontro.com
Envie você também o seu relato erótico, conte suas experiências, fetishes e desejos. Queroumencontro.com
Menu de Acompanhantes RJ

HOME ACOMPANHANTES FOTOGRAFOS CONTOS ERÓTICOS CONTATO

PHOTOSHOP CRIAÇÃO DE SITES VÍDEOS PARCEIROS

Casting de Acompanhantes RJ
 
 
D. Ester trabalha até mais tarde


Trabalho numa empresa com mais algumas pessoas, sou responsával para abrir e fechar a firma e um carro fica a minha disposição. Dona Ester apesar de cinquentona, consegue revelar um corpinho desejável dentro do uniforme de limpeza que usa. Sua calcinha enfiadinha na bunda, que conseguimos ver através do tecido fino da calça, provoca comentários dos homens da firma. Chegando o fim do expediente vou até a cozinha para dispensar ela do serviço, o que faço sempre, muitas vezes mando ela pra casa até uma hora e meia mais cedo. Encontro D. Ester já sem o avental do serviço. Na hora que chego, ela de frente para mim, da aquela puxadinha na sua calça, repartindo mais ainda sua bucetona carnuda. Digo a ela para ir em bora, pois vou ter que fazer um tempo, para depois ir ao aeroporto buscar o gerente da matriz. D. Ester pede para me fazer companhia, desde que eu leve ela pra casa, que fica perto do aeroporto. Enquanto fico revisando algumas coisas, ela fai fazer um cafezinho para nós. Enquanto esperamos, D. Ester diz que seu marido tinhaido visitar uma filha no estado vizinho, já que estava aposentado. Eu tentava não olhar para sua buceta, mas tinha deixado ela mais saliente depois que veio da cozinha. Muito simpática e prestativa, quando ela veio com a garrafa térmica para me servir outro café, olhei para sua buceta que parecia estar nua na minha frente. Recebi o sorriso mais safado que já tinha visto. Depois fez outro comentário sobre seu marido, que estava aposentado de tudo. Entendi que ela estava subindo pelas paredes sem sexo. Quando me virei para ela, não me importei que ela visse que meu pau estava duro. Ela simplesmente agarrou meu pau e disse que ele também estava precisando de carinho. Beijei ela e já fui tirando sua roupa, que me ajudou a despi-la. Apoiei ela na mesa e afundei meu pau na buceta inchada. Depois dela gozar rebolando e gemendo pela segunda vez, foi que gozei dentro dela. Pedi para meter no cuzinho dela de próxima vez, D. Ester disse que depois que eu fosse no aeroporto, ela me daria se eu dormisse aquela noite com ela. Como eu era solteiro, foi o melhor convite que poderia receber. Comi aquele cuzinho gostoso até quanto aguentei. Continuo comendo ela na empresa, onde é mais seguro, sempre no fim do expediente e depois levo ela pra casa.



Enviado por Marcelo em 11/03/2018

 

VOLTAR PARA ÍNDICE DE CONTOS ERÓTICOS ENVIE-NOS SEU CONTO ERÓTICO OU SEU RELATO

 

Se você gostou desse Conto Erótico e quiser recomendá-lo use um dos códigos abaixo:

Redes Sociais EM BREVE
Amigo INDICAR ESSE CONTO POR E-MAIL PARA UM AMIGO

Todos os contos foram enviados por internautas e se tratam de obra de ficção.
Não temos nenhuma responsabilidade sobre o conteúdo dos textos aqui representados.
Caso vcoê se sinta ofendido com algum dos textos basta nos solicitar sua retirada.

 
 
©Copyright since 2000 - Todos os Direitos Reservados para Queroumencontro.com
Queroumencontro.com - acompanhantes, garotas de programa, fotos, videos, erotismo, pornografia grátis.

hit counters