Contos eróticos, relatos eróticos e histórias pornô. Queroumencontro.com
Queroumencontro.com
Envie você também o seu relato erótico, conte suas experiências, fetishes e desejos. Queroumencontro.com
Menu de Acompanhantes RJ

HOME ACOMPANHANTES FOTOGRAFOS CONTOS ERÓTICOS CONTATO

PHOTOSHOP CRIAÇÃO DE SITES VÍDEOS PARCEIROS

Casting de Acompanhantes RJ
 
 
Dona Juju gozou na minha pica


Meu nome é Valdir, tenho 35 anos, sou solteiro e moro no mesmo prédio onde eu trabalho de zelador, há um tempo atrás, tinha uma senhora que era moradora aqui do prédio chamada Jussara, mas todos a chamavam de dona Juju, ela era uma coroa na casa dos sessenta, mas dessas muito bem cuidadas e bonitas, andava sempre arrumada e perfumada, e tinha um belo corpo ainda, apesar da idade. O marido se chamava Nelson, mais velho que ela pelo menos dez anos, militar aposentado, ao que parecia, aposentado de tudo mesmo, corria um boato pelo prédio que dona Juju tinha um fogo danado e que já tinha chifrado muito seu Nelson uns anos atrás quando era mais jovem, diziam as más línguas que ela só estava com ele ainda por causa da vida boa que tinha. Eu já tinha reparado que dona Juju as vezes me olhava de um jeito estranho e gostava de puxar assunto comigo toda vez que me encontrava, mas nunca tinha maldado, achava que era só simpatia mesmo. Ela me elogiava, falava que eu era forte, que eu era bonito, uma vez ela me deixou todo sem graça, me perguntou se eu tinha preconceito de pegar mulher mais velha, em tom de brincadeira mas com uma certa maldade, e eu respondi que pegava sem problema nenhum em tom de brincadeira também, ela deu um risinho cínico e saiu. Um belo dia seu Nelson foi visitar um parente que estava bem doente em outra cidade e ficaria três dias fora, vi quando ele partiu levando uma mala, quando chegou a noite recebi um chamado pra verificar um cano que estaria entupido num apartamento no quinto andar, quando vi o número, era o de dona Juju, já fui atender imaginando que ela estava com alguma intenção, era muita coincidência, chegando lá não tive dúvida, dona Juju estava vestindo uma camisolinha transparente e usava uma calcinha de renda, mandou eu entrar depressa e trancou a porta, dei uma de bobo e perguntei onde era o problema, ela com uma carinha de safada me puxou pelo braço até o quarto e respondeu: o problema é aqui na minha cama, faz tempo que ela não funciona, só você pode me ajudar resolver com essa ferramenta grande. Eu já estava de vara dura, e dona Juju já tinha notado, abriu meu zíper, abaixou minhas calças e segurou firme minha vara olhando admirada e falou: faz tempo que eu não pego um pau duro assim, que delícia, o do meu marido nem sobe mais coitado, hoje eu quero me acabar nessa delícia, me fode toda, meu macho gostoso, vem meu zelador, faz seu serviço direito, usa essa ferramenta na minha xota e no meu cú, quero dar tudo. Nem parecia aquela senhora de respeito falando, parecia uma puta cheia de tesão, caiu de boca e mamou gostoso o meu pau, parecia que tava com fome de mamar, chupou até minhas bolas, tive que me segurar pra não gozar, nenhuma garota nova tinha chupado meu pau assim, coloquei ela por cima e retribuí chupando a xota e o cuzinho dela num 69 alucinante, ela tinha se depilado e estava bem lisinha, uma delícia de xota, gostosa e perfumada. Dona Juju começou gemer e dizer que ia gozar, então acelerei as chupadas e lambidas e enfiei dois dedos pra ajudar e ela gozou feito doida, chegou até soltar um grito de prazer, eu também não segurei mais e gozei na boca dela, que mamou tudo até a última gota. Depois ela levantou e me serviu uma bebida quente, disse que era do marido, começamos nos beijar feito loucos e esfregar nossos corpos, ela tava cheia de tesão, me dizia coisas depravadas no ouvido e pedia pra eu fuder com ela a noite toda, meu pau já tava duro novamente e entrou na xoxota molhadinha sem fazer força, meti na posição papai-mamãe primeiro, e depois comi ela de quatro, ela gemia e rebolava na vara, pedia pra eu bater na bunda e puxar o cabelo dela, e eu obedecia a tudo. Depois ela pediu pra sentar em cima, cavalgou gostoso na pica, gozou aos berros quando massageei o grelo, me xingava de puto, cachorro safado, e mandava eu meter sem parar, depois ela levantou, passou um creme no cuzinho e encaixou a pica na entradinha, foi descendo e a pica foi escorregando pra dentro até as bolas, que cuzinho quente e gostoso, fodi o rabo de dona Juju até não aguentar mais e gozar dentro. Depois dessa gozada, fomos relaxar dentro da banheira bebendo um vinho dos mais caros de seu Nelson, ficamos ali namorando feito um casalzinho novo dentro daquela espuma. Meu pau ficou duro de novo e nós fudemos ali mesmo na banheira, dessa vez foi uma foda bem demorada, dona Juju se acabou na minha rola e eu chupava os seus peitos e enfiava o dedo no cuzinho dela que gemia e gozava sem parar, fazia tempo que dona Juju não era fodida daquele jeito. Quando gozei pela terceira vez eu já estava exausto, deitamos na cama e dormimos abraçadinhos até de manhã. Antes de ir embora ainda tive que dar mais uma na xoxota de dona Juju que ficou toda satisfeita e feliz. Depois dessa noite, metemos mais duas noites seguidas até o marido voltar e depois passei a comer dona Juju sempre que ela queria e podia, até quando o marido saía um pouco de casa ela me chamava e a gente dava umazinha rápida, ela inventava salão ou dentista sempre que eu estava de folga e me levava para o motel. Passei meses comendo aquela coroa gostosa e gulosa por pica, até que o marido dela desconfiou de alguma coisa, ela me contou que ele estava sismado, achava que ela estava saindo com algum coroa morador do prédio, começaram as brigas e ela achou melhor dar um tempo, se mudaram pra outra cidade. Dona Juju não queria perder a mordomia que tinha por causa de um simples zelador. Foi bom enquanto durou. Espero que um dia encontre outra coroa assim.



Enviado por Valdir em 30/06/2018

 

VOLTAR PARA ÍNDICE DE CONTOS ERÓTICOS ENVIE-NOS SEU CONTO ERÓTICO OU SEU RELATO

 

Se você gostou desse Conto Erótico e quiser recomendá-lo use um dos códigos abaixo:

Redes Sociais EM BREVE
Amigo INDICAR ESSE CONTO POR E-MAIL PARA UM AMIGO

Todos os contos foram enviados por internautas e se tratam de obra de ficção.
Não temos nenhuma responsabilidade sobre o conteúdo dos textos aqui representados.
Caso vcoê se sinta ofendido com algum dos textos basta nos solicitar sua retirada.

 
 
©Copyright since 2000 - Todos os Direitos Reservados para Queroumencontro.com
Queroumencontro.com - acompanhantes, garotas de programa, fotos, videos, erotismo, pornografia grátis.

hit counters