Contos eróticos, relatos eróticos e histórias pornô. Queroumencontro.com
Queroumencontro.com
Envie você também o seu relato erótico, conte suas experiências, fetishes e desejos. Queroumencontro.com
Menu de Acompanhantes RJ

HOME ACOMPANHANTES FOTOGRAFOS CONTOS ERÓTICOS CONTATO

PHOTOSHOP CRIAÇÃO DE SITES VÍDEOS PARCEIROS

Casting de Acompanhantes RJ
 
 
Minha cunhada gostosa


Meu nome é Fabrício, tenho 28 anos, o que vou contar aconteceu a uns meses atrás, minha esposa tem uma irmã chamada Andréa, de 21 anos, que é muito bonita e gostosa, morena de olhos verdes e tem uma bunda que deixa qualquer marmanjo maluco, inclusive eu, sempre senti um tesão imenso pela minha cunhadinha, desde os tempos que ainda namorava minha esposa, Andréa sempre teve um fogo danado comigo, cansou de me provocar nessa época, mas eu sempre me segurava por ela ainda ser menor de idade. Num certo fim de semana, Andréa apareceu aqui em casa de mala e cuia, disse que tinha brigado com o noivo com o qual ela já estava até morando, ela contou que descobriu uma traição dele, e queria pagar com a mesma moeda. Como não tenho nada a ver com isso, não me importei e ainda dei força pra minha cunhada se vingar. Nos arrumamos e fomos pra uma danceteria, eu minha esposa e Andréa, dançamos e bebemos a noite toda, Andréa não demorou muito e já estava se agarrando com um cara pelos cantos, da onde eu estava dava pra ver que ela estava soltinha e o rapaz só faltou comer ela ali mesmo, passou a mão na bunda e nos peitos e roçou muito com o pau na bucetinha dela, deixando minha cunhadinha cheia de tesão. Lá pelas quatro da manhã, fomos pra casa, Andréa e minha esposa estavam completamente bêbadas, e iam dando risadas dentro do carro enquanto minha cunhada se gabava do chifre que tinha colocado no noivo. Assim que chegamos, minha esposa caiu na cama de roupa e tudo e dormiu profundamente, fui até o quarto de hóspedes ver se Andréa estava bem e quase tive um treco quando vi minha cunhadinha deitada de bruços na cama só com uma calcinha enfiadinha naquela bunda maravilhosa, cheguei bem perto pra ver melhor aquela maravilha e meu pau quase estourou minhas calças de tão duro. Não aguentei e comecei dar uns beijinhos bem de leve nas polpas macias e Andréa nem se mexia, tava apagada, então fui mais ousado, afastei a calcinha um pouco pro lado e enfiei minha língua no meio do cuzinho, que delícia, eu chupei e lambi bem devagarinho, lentamente como por instinto ela foi abrindo as pernas e eu pude chupar também a bucetinha linda e lisinha, o melzinho já tava escorrendo e eu sugando tudo, de repente, Andréa começou a gemer de tesão, tentei disfarçar mas não deu, ela acordou e me pegou no flagra, quando eu ia saindo pedindo desculpa, ela me pegou pelo braço e falou baixinho: Ai meu cunhadinho, agora qua você começou, termina, vai me deixar assim ?
Na hora nem pensei que minha esposa estava no quarto ao lado, botei meu pau pra fora e ofereci pra minha cunhadinha que chupou gostoso e depois pediu pra ser fodida, esfreguei a cabeça devagarinho na rachinha da xoxota pra deixar ela bem louca e depois enfiei tudo, que delícia de buceta, quente e apertadinha, parecia virgem, fodi gostoso aquela maravilha, Andréa gozou gemendo baixinho e depois pediu pra eu comer o cuzinho, virou de bruços e abriu bem a bunda com as mãos, eu dei uma lambida e uma cuspida no buraquinho pra deixar bem lubrificado e enterrei meu pau todo naquele rabo lindo, ela mexeu e rebolou devagarinho enquanto recebia minha rola no cuzinho, gemia sem parar e pedia pra eu não parar que ela ia gozar de novo, o cuzinho era apertadinho e gostoso, o tesão foi tanto que eu gozei e continuei de pau duro comendo a bunda da minha cunhadinha, fodi até gozar novamente, e dessa vez caí pro lado exausto e satisfeito por ter finalmente comido a minha cunhada. A essa altura o efeito da bebida já tinha até passado, e ela me pediu pra nunca contar isso pra ninguém, se minha esposa soubesse, nunca ia nos perdoar. Claro que eu não iria contar, meu casamento estava em jogo, prometemos que ia ser um segredo só nosso, e assim é até hoje. Minha cunhadinha voltou com o noivo agora corninho na semana seguinte e nunca mais tive o prazer de comer ela de novo. Continuamos nos dando bem até hoje, fazemos até churrasco juntos os quatro, e ela finge que nada aconteceu. Mas eu nunca vou esquecer aquela noite. Valeu a todos !!!



Enviado por Fabrício em 11/06/2018

 

VOLTAR PARA ÍNDICE DE CONTOS ERÓTICOS ENVIE-NOS SEU CONTO ERÓTICO OU SEU RELATO

 

Se você gostou desse Conto Erótico e quiser recomendá-lo use um dos códigos abaixo:

Redes Sociais EM BREVE
Amigo INDICAR ESSE CONTO POR E-MAIL PARA UM AMIGO

Todos os contos foram enviados por internautas e se tratam de obra de ficção.
Não temos nenhuma responsabilidade sobre o conteúdo dos textos aqui representados.
Caso vcoê se sinta ofendido com algum dos textos basta nos solicitar sua retirada.

 
 
©Copyright since 2000 - Todos os Direitos Reservados para Queroumencontro.com
Queroumencontro.com - acompanhantes, garotas de programa, fotos, videos, erotismo, pornografia grátis.

hit counters